BrasilFeaturedSaúde

6º Caso de óbito por Varíola dos Macacos é confirmado no Brasil

Foi confirmado nesta quarta-feira (12), pela Secretaria de Saúde de São Paulo, a primeira morte por varíola dos macacos no estado. O paciente morador da capital paulista, de 26 anos, estava internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas há mais de dois meses e tinha “diversas comorbidades”. Este é o sexto óbito no Brasil, os demais aconteceram no Rio de Janeiro e Minas Gerais.

O estado de SP tem cerca de 3.861 casos confirmados da Monkeypox, com uma redução dos casos de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde. Reforçando que o atual surto não tem nenhuma relação com os macacos e que a transmissão do vírus se dá mais através do “contato íntimo e sexual” entre pessoas.

O governo do estado não deu detalhes sobre as comorbidades do paciente. Conforme a Secretaria da Saúde, o paciente “passava por tratamento com antivirais para uso emergencial em pacientes graves”.

De acordo com autoridades da saúde, nos quatro primeiros casos da doença, as vitimas eram homens com comorbidades e imunidade baixa. Sobre o quinto registro de óbito, não se tem informações pois não foi divulgado pela Secretaria do Rio.

Conhecida internacionalmente como monkeypox, a varíola dos macacos é uma doença causada por vírus e transmitida pelo contato próximo ou íntimo com uma pessoa infectada e com lesões de pele. O contato pode se dar por meio de um abraço, beijo, massagens, relações sexuais ou secreções respiratórias. A transmissão também ocorre por contato com objetos, tecidos (roupas, roupas de cama ou toalhas) e superfícies que foram utilizadas pelo doente.

 

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar