Policial

Acusados de incendiar ônibus na Ribeira são apresentados

Foram apresentados no início da tarde desta segunda-feira (20), na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), os acusados de incendiar um ônibus na Ribeira no último dia 3, que resultou na morte do cobrador Everaldo de Oliveira Silva.
Juan Luiz de Sá Costa, de 22 anos, e Cleber Oliveira dos Santos, 22, foram presos neste domingo (19), por policiais militares do Setor de Missões Especiais da Operação Gêmeos, sob o comando do major Edson. Com eles, foram encontradas 78 pedras de crack e 29 pinos de cocaína, que estavam sendo comercializadas nas regiões de Massaranduba e Baixa do Bonfim.
De acordo com a Polícia Civil, Juan confessou ter participado do crime e alegou não ter tido a intenção de matar o cobrador. Segundo o acusado, o ato foi por conta da morte de Fabiano Souza. Ainda acordo com a polícia, Juan afirmou ter sido convocado por traficantes, da mesma quadrilha de Fabiano, para fazer o protesto.003
Já o outro acusado, conhecido como Clebinho, negou qualquer participação na manifestação e na morte do cobrador. Porém, o jovem não soube informar porque foi apontado por Juan como um dos envolvidos nos crimes.
Outros sete nomes foram também apontados por Juan por envolvimento na ação, sendo cinco diretamente no incêndio e outros dois na esquematização das manifestações. As identidades dos suspeitos não foram divulgadas para não prejudicar as investigações. Mas, a Polícia garante que todos os envolvidos serão presos.
Por Tiago Di Araujo 
 | Fotos: Paulo M. Azevedo/Bocão News

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar