BrasilEntretenimentoFeatured

Estudo questiona uso de máscaras contra Covid-19

Um novo estudo sobre usar máscaras contra Covid-19 causou polêmica nas redes sociais e colocou em xeque as informações que tínhamos anteriormente. Uma revisão conduzida por um grupo de epidemiologistas no Reino Unido chegou à conclusão de que utilizar esses itens de proteção pode não ter resultado efetivo para o controle de infecções respiratórias como a gripe, a síndrome respiratória aguda grave e também o coronavírus.

A publicação aconteceu em um estudo com o título de “Intervenções físicas para interromper ou reduzir a propagação de vírus respiratórios”. Os responsáveis analisaram os resultados e as publicações de 78 pesquisas que aconteceram em todo o mundo antes, durante e depois da pandemia de Covid-19. Dessa forma, seria possível determinar a real eficácia da utilização de máscaras e da higiene das mãos para deter a transmissão dessas doenças.

No entanto, a conclusão principal foi o que causou a maior polêmica na internet. Isso porque os pesquisadores afirmaram não terem certeza se as máscaras contra Covid-19, especialmente respiradores N95/P2, ajudam a combater a propagação de vírus respiratórios. Segundo os pesquisadores, utilizar esse item pode não fazer diferença em quantas pessoas contraem o vírus. Isso também se aplica a gripes e outras infecções. Possivelmente, não existem efeitos na utilização.

 

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar