BrasilCidadeFeatured

Homem que vazou fotos de Marília Mendonça no IML é preso

Fotos vazadas do corpo de Marília Mendonça no Instituto Médico Legal (IML) acabou de ganhar um novo capítulo. De acordo com informações do site Metrópole, o homem responsável pela divulgação das imagens foi preso nesta segunda-feira(17), onde morava em Santa Maria, no Distrito Federal.

Além da divulgação do laudo de Marília, os corpos de Cristiano Araújo e Gabriel Diniz também foram expostos pelo mesmo rapaz. Vale lembrar que a pena para quem pratica o crime de vilipêndio de cadáver pode ser de detenção de 1 a 3 anos e pagamento de multa, que está prevista no art. 212 do Código Penal.

A prisão foi efetuada pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), durante a operação batizada como Fenir, apontou que ele compartilhava o conteúdo criminoso dos famosos através de um perfil no Twitter. O homem tem 22 anos e usava o aplicativo para espalhar o conteúdo

A operação, batizada de Fenir – na mitologia nórdica, Fenir é um lobo monstruoso –, tem objetivo de reprimir os crimes envolvendo o vazamento desse tipo de imagem na internet.

 

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar