BrasilEntretenimentoFeatured

Dumont afirma à polícia que imagens de pornografia infantil eram pra “estudos”

O ator José Dumont, de 72 anos, confirmou, em depoimento prestado à polícia na quinta-feira (15), qu tinha imagens de pornografia infantil em seu celular e no seu computador pessoal, e que elas eram de sua propriedade e faziam parte de um “estudo para a futura realização de um trabalho acerca do tema, sem tabus ou filtros”.

Dumont afirmou que conseguiu as imagens na internet e negou que já teria fotografado, filmado, produzido ou editado imagens de crianças e adolescentes em contexto pornográfico. A prisão já foi convertida em preventiva pelo juiz Antonio Luiz da Fonseca Lucchese, durante audiência de custódia realizada no início da tarde desta sexta-feira.

O ator disse ainda que jamais comprou ou vendeu material com pornografia infantil e disse que armazenava as imagens para “consultas e estudos”.

Na tarde desta sexta-feira (16), a Justiça decidiu o manter preso preventivamente após o flagrante por policiais civis da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav), pelo crime de armazenamento de imagens de sexo envolvendo crianças. O crime é previsto no Artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar