BahiaFeaturedPolítica

‘É preciso mais rigor contra a violência’, diz Cacá Leão após morte de jovem

Após a trágica morte da estudante Cristal Rodrigues Pacheco, de 15 anos, que ocorreu na manhã desta terça-feira (2), e comoveu a todos, o pré-candidato ao Senado, o deputado federal Cacá Leão, lamentou a morte da jovem e deu a sua palavra reforçando que irá transformar como principal ato do seu mandato, caso eleito, a mudança da legislação penal para agir, de acordo com ele, com “mais rigor contra a violência que assusta nosso estado”.

Cacá que é aliado ACM Neto (UB), pré-candidato a governador, ainda afirmou que a Bahia tem perdido a guerra direta contra a violência e que atualmente, pautas como a segurança pública, deve se prioridade

“Comigo no Senado, Neto e o povo da Bahia terão um representante que vai trabalhar para endurecer a nossa legislação criminal, que vai se dedicar para ajudar o nosso governador a botar bandido na cadeia e fazer com que as pessoas sejam respeitadas. É inadmissível o que aconteceu hoje na Bahia, onde, pela manhã, uma jovem quando ia para a escola, acabou sendo assassinada”, completou, lamentando o ocorrido da manhã desta terça, em Salvador.

Cacá também destacou que de acordo com pesquisas, o estado lidera segue liderando o ranking de mortes violentas no país.

“Não sou eu que digo que a Bahia, hoje, é o estado mais violento do Brasil, são os índices e as agências reguladoras que mostram. Eu acho que precisa-se ter uma mão mais forte do Estado para resolver a violência, que tem tomado conta tanto dos grandes quanto dos pequenos municípios”, disse.

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar