BrasilFeaturedPolítica

Empresário Luciano Hang é condenado a pagar indenização ao padre Lancellotti

A Justiça de São Paulo condenou o empresário Luciano Hang, co-fundador e proprietário da rede de lojas Havan, a pagar R$ 8 mil ao padre Julio Lancellotti por danos morais. Hang fez declarações sobre o sacerdote em um grupo de WhatsApp, criticando a publicação de uma reportagem do pároco ajudando moradores de rua no frio de São Paulo. A decisão cabe recurso.

O Metrópoles divulgou as mensagens em maio deste ano. “Cada dia que passa é mais malandro vivendo nas costas de quem trabalha”, escreveu o empresário. Além disso, Hang afirmou: “quem defende bandido, bandido é”.

Luciano Hang e mais sete empresários brasileiros foram investigados por defender um golpe de Estado em um grupo de WhatsApp. Alexandre Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou que a Polícia Federal cumpra os mandados de busca e apreensão em endereços que pertencem aos participantes do grupo.

Na última terça-feira (23), Hang afirmou que está com a “consciência limpa”. “Em minhas mensagens em um grupo fechado de WhatsApp está claro que eu nunca, em momento algum, falei sobre golpe ou sobre STF. Eu fui vítima da irresponsabilidade de um jornalismo raso, leviano e militante, que infelizmente está em parte das redações pelo Brasil”, disse.

 

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar