BrasilEntretenimentoFeatured

Ex-pesquisadora terá que indenizar Caetano por chamá-lo de “macaco e pedófilo”

A pesquisadora Maria Carla Petrellis terá que indenizar Caetano Veloso em R$ 30 mil por danos morais, por chamar o artista baiano de “macaco pedófilo”. A sentença foi do juiz Luiz Antonio Valiera do Nascimento, da 39ª Vara Cível do TJ do Rio. As informações foram divulgadas pelo colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo.

A briga judicial teve início em 2020, durante a pandemia, quando Maria Carla atacou Caetano pelo Twitter, onde fez as ofensas. Segundo a defesa do artista, a pesquisadora teria cometido os crimes de difamação e calúnia, casos que deveriam ser analisados pela Justiça.

“Deve a ré ser responsabilizada por seus atos e deve ser condenada a reparar os danos subjetivos causados, não sendo demais destacar que a expressão lançada contém uma injúria é uma calúnia, pois além da ofensa atribui ao autor a prática de crime”, diz um trecho da sentença.

Na  época dos ataques, Maria Carla informava em suas redes sociais ser funcionária do Instituto Butantan, em SP.

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar