CulturaEsporteFeaturedMundo

Guardiola diz que não há obrigação do City em vencer a Liga dos Campeões

O Manchester City decide uma vaga na final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid, nesta quarta-feira (17). É o único troféu que falta na galeria dos ingleses, e também o único que Pep Guardiola não conquistou desde que assumiu o City. O técnico espanhol voltou a falar sobre como a conquista de um título europeu pode ou não definir seu trabalho.

“Meu legado já é excepcional! Não somos burros de não saber o quanto é importante o jogo de amanhã, talvez o mais importante desde que estamos aqui. Mas digo aos jogadores: vivam, aproveitem o momento. Como somos sortudos! Está em nossas mãos, depende de nós, e não precisamos fazer nada de excepcional. Sejamos nós mesmos e demos tudo. Eu tenho um sentimento incrível sobre esta equipe. Aconteça o que acontecer, obrigado por nos trazer aqui de novo”, comentou.

Segundo Guardiola, ele não ouviu que era obrigação ganhar a Champions League quando foi contratado pelo Manchester City, em 2016.

“Quando eu cheguei aqui não falaram sobre ganhar a Champions League. Eles disseram para tentar fazer o melhor possível. Ganhamos todos os títulos, menos este. Nós queremos. É isso que a gente quer, as pessoas dizem que estamos perto, e eu acho que estamos longe. É um sonho vir aqui. Ninguém garante que no futuro estaremos aqui de novo”, indicou.

O treinador disse que o jogo contra o Real terá uma grande carga emocional, mas que é preciso mais que isso para chegar na final. Ele brincou ao citar críticas recebidas em eliminações no passado, quando a imprensa inglesa o acusou de “overthinking” (pensar demais), ou seja, armar estratégias muito diferentes do habitual para um jogo específico.

“Espero que possam ver amanhã. Não posso contar aqui, senão Carlo (Ancelotti) vai ouvir. E não estou pensando demais, não se preocupem. Nada diferente do passado, apenas para ser mais fluido e jogar melhor”, brincou.

O Manchester City recebe o Real Madrid nesta quarta-feira, às 16h (de Brasília), em jogo de volta nas semifinais da Liga dos Campeões. Quem vencer fica com a vaga na decisão, após empate em 1 a 1 no jogo de ida. Em caso de novo empate, o confronto vai para a prorrogação e pênaltis.

 

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar