FeaturedPolicial

Mais de R$ 100 mil em produtos de saúde são apreendidos em depósito

Fiscalização da Vigilância Sanitária foi realizada em loja de Barreiras, na BA.
Segundo delegado, responsável pela empresa agia como ‘laranja’.

Mais de R$ 100 mil em produtos de saúde e suplementos alimentares foram apreendidos em uma loja e um depósito, pertencente ao estabelecimento, no bairro JK, no município de Barreiras, região oeste da Bahia, por não obter alvará de funcionamento. Conforme a Vigilância Sanitária da cidade, alguns produtos recolhidos na loja e no depósito não têm procedência comprovada. A venda deles pode estar associada ao tráfico de drogas.

“A princípio ele não tem autorização para comercializar esses produtos e não nos apresentou nenhum documento que comprove que eles têm autorização para comercializar esses produtos no município de Barreiras”, informa Márcio Pitta, coordenador da Vigilância Sanitária.

A Polícia Civil acompanhou toda a operação, que ocorreu na quinta-feira (5). De acordo com Francisco de Sá, delegado da cidade, o responsável pela empresa, que já foi identificado, agia na região como “laranja”. “A empresa está em nome dele. Porém, ele trabalha aqui sem registro nenhum e ganhando um salário mínimo”, revela.

Segundo a polícia, com a comprovação das irregularidades, o dono do estabelecimento pode responder por mais de um crime. “Vislumbrando a possibilidade de um crime contra a saúde pública. E um crime, também, possivelmente, de ‘charlatanismo’. Nós estamos, na verdade, dentro de uma tenda dos milagres. Remédios milagrosos”, diz Francisco de Sá.

Os fiscais da Vigilância Sanitária fizeram um levantamento de toda a mercadoria apreendida. Os produtos vão passar por uma verificação mais detalhada. O depósito e a loja foram interditados. “A gente está lacrando com o objetivo de fazer toda [sic] essa análise e esperar que o proprietário, de fato, do produto, justifique a nota fiscal, a procedência desse, para diminuir o impacto negativo das consequências da ação dele”, concluiu.

G1 Bahia
Foto: Divulgação

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar