BahiaEconomiaFeatured

NORDESTE FICA EM 3° LUGAR ENTRE AS REGIÕES MAIS AFETADAS PELO DESEMPREGO EM MAIO

Entre as cinco regiões do país, todas tiveram saldo negativo em maio

Dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) mostram que o mês de maio teve uma retração de -331.901 postos de trabalho no saldo de empregos com carteira assinada no país. No mês, houve 703.921 admissões e de 1.035.822 desligamentos. Com o resultado, o acumulado do ano chegou a -1.144.875 postos formais de trabalho.
Entre as cinco regiões do país, todas tiveram saldo negativo em maio. Proporcionalmente, o pior resultado foi registrado no Sul, com redução de -1,10%, percentual equivalente a -78.667 postos de trabalho. No Sudeste, o resultado ficou em -180.466 vagas com carteira assinada (-0,92%). Depois, na sequência, vem Nordeste (-50.272 postos, -0,82%); Norte (-10.151 postos, -0,58%) e Centro-Oeste (-12.580 postos, -0,39%).
Das 27 unidades da federação, apenas o Acre teve mais contratações do que demissões em maio. Foram 1.127 novas vagas com carteira assinada no mês. Entre os estados com piores resultados estão São Paulo (-103.985 postos, -0,88%); Rio de Janeiro (-35.959 postos, -1,15%); Minas Gerais (-33.695 postos, -0,84%); e Rio Grande do Sul (-32.106 postos, -1,31%).

 

 

 

Fonte: Bahia Econômica

Foto: Divulgação internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar