BrasilCidadeFeatured

Polícia Federal volta a terras yanomami após mais 8 corpos serem encontrados

A Polícia Federal (PF) encontrou mais oito corpos na região indígena do Uxiú, dentro das terras Yanomami, em Roraima. No sábado (29), garimpeiros assassinaram um indígena e balearam mais dois. Os corpos foram encontrados no domingo (30), durante um sobrevoo das equipes de segurança. Os cadáveres estavam boiando na água em uma região de garimpo.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a PF ainda apura a causa das mortes e reforçou a segurança na região com o apoio da Força Nacional.

Ainda por causa do confronto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Ibama com garimpeiros ligados ao tráfico de drogas, no domingo, a PF intensificou as ações em toda a Terra Indígena Yanomami.

Um inquérito foi instaurado para apurar os homicídios e equipes de elite foram encaminhadas para o local.
As mortes marcam uma escalada na violência da região desde o início da operação de “desintrusão” do garimpo do território, comandada pelo governo federal.

Segundo o governo, o ataque foi promovido por garimpeiros ilegais que atuam na terra indígena. Entre os supostos criminosos mortos está, segundo o Ministério do Meio Ambiente, um foragido da Justiça do Amapá.

O ataque ocorreu três meses após o início da operação do governo federal que visa acabar com o garimpo ilegal e retirar 20 mil invasores da região. Durante esse período, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente, foram destruídos 327 acampamentos de garimpeiros, 18 aviões, 2 helicópteros, centenas de motores e dezenas de balsas, barcos e tratores.

 

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar