BrasilCovid-19PolicialPolítica

Preso na Lava Jato, ex-deputado Nelson Meurer morre com covid-19

Ele tinha 78 anos e cumpria prisão no Paraná após ter sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal em processo de corrupção

Primeiro parlamentar no exercício do mandato a ser condenado na Operação Lava Jato, o ex-deputado federal paranaense  Nelson  Meurer (PP), de 78 anos, morreu neste domingo (12), vítima da covid-19.

A informação foi confirmada pela Prefeitura de Francisco Beltrão, onde ele foi prefeito entre 1989 e 1993.

Meurer estava preso desde o fim de 2019  em uma penitenciária do Paraná por determinação do ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Além de prefeito, Meurer foi deputado federal por seis mandatos consecutivos, entre 1995 e 2018.

A  condenação por corrução passiva e lavagem de dinheiro foi unânime na Segunda Turma do STF. Em maio de 2018, o ainda deputado recebeu a pena de 13 anos e nove meses de prisão em regime fechado. Recorreu em liberdade, mas acabou preso em novembro do ano seguinte.

Ele foi o primeiro político com foro privilegiado condenado pela Lava Jato  no Supremo. Segundo as investigações, o deputado recebeu R$ 4 milhões em vantagens indevidas oriundas da Petrobras.

Como parlamentar, Meurer era líder do PP na Câmara. O partido teria recebido R$ 357,9 milhões em propina envolvendo contratos da petroleira, segundo a PGR (Procuradoria-Geral da República). O político sempre negou as acusações e se declarou inocente.

 

Foto: Divulgação Internet

Fonte R7

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar