BahiaBrasilCovid-19Featured

Sesab não recomenda uso de cloroquina e ivermectina para pacientes com Covid-19

Secretario de Saúde falou em punições para gestores que indiquem o uso de medicamentos sem eficácia comprovada

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), emitiu, nesta quarta-feira (22) novas orientações para o uso de medicamentos para o combate ao novo coronavírus. A pasta não recomenda o uso de qualquer remédio para o tratamento ou prevenção de Covid-19, sem a devida comprovação desua eficácia.

“Não se deve tomar nenhum medicamento cujo o estudo científico não tenha sido publicando provando que é capaz de trazer qualquer tipo de benefício e sobretudo ser seguro e não causar efeitos adversos. Isso é válido para o emprego de cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina, azitromicina e qualquer outro tipo de medicação que esteja sendo utilizada pela população ou prescrita por médicos do SUS de forma não embasadas em evidências científicas sólidas”, disse o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas.

O titular da pasta ainda falou sobre possíveis punições a municípios que indiquem o uso desses remédios. “O COE recomenda aos gestores públicos que não estabeleçam protocolos com o uso dessas medicações, que não gastem recursos públicos com o uso dessas medicações que não tem eficácia comprovada, porque poderão ser objeto de posterior ação dos órgãos de controle por estarem realocando recursos de outras áreas que poderão fazer falta dentro do combate ao coronavírus aplicando em terapêuticas sem nenhuma eficácia comprovada”.

 

 

 

(Foto: divulgação/Prefeitura de Itagi)

Fonte: Varela Noticias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar