BahiaBrasilEsporteFeatured

Supervisor da Juazeirense lamenta assassinato de atleta durante comemoração

O supervisor do time Juazeirense, Rodrigo Goes, lamentou a morte do jogador Felipe Rocha de Sá Nunes, de 19 anos, que foi assassinado a tiros após comemorar o resultado do segundo turno das eleições na cidade Juazeiro, no norte da Bahia, na madrugada desta segunda-feira (31).

“Era uma das grandes revelações do time sub-20. Era um atleta de muita qualidade, tranquilo e promissor. Ele vinha sendo monitorado para compor o elenco do [time] profissional”, lamentou o supervisor.

De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, o atleta foi encaminhado para o Hospital de Traumas na cidade de Petrolina, em Pernambuco, mas não resistiu ao ferimento.

Nas redes sociais, o clube também lamentou a morte de Felipe Rocha. “LUTO. Nos despedimos de Felipinho, craque de bola que fazia parte da equipe Sub-20 do Cancão de Fogo. Que Deus dê o descanso eterno e o conforto aos amigos e familiares do jovem atleta. #LUTO #RIPFELIPINHO”, publicou a assessoria do time.

A Delegacia de Homicídios da cidade investiga o crime.


Reprodução/Redes Sociais

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar