BahiaBrasilCidadeFeatured

‘A barbárie está normalizada’, crítica o Bahia confronto entre organizadas

O Esporte Clube Bahia divulgou uma nota repudiando a briga entre as torcidas organizadas Os Imbatíveis, do Vitória, e Bamor, do Bahia, no bairro de São Caetano, neste domingo (4), que deixou três vítimas internadas no Hospital Geral do Estado (HGE).

A diretoria do Esquadrão lembrou do episódio em que o clube teve o ônibus alvejado por uma bomba de fabricação caseira em fevereiro deste ano, na Avenida Bonocô, para afirmar que “a barbárie está normalizada” e criticar a segurança pública.

Na ocasião, a delegação do Bahia se dirigia para a partida contra o Sampaio Corrêa na Fonte Nova e foi atacado por integrantes da organizada do próprio clube. O goleiro Danilo Fernandes ficou ferido no rosto e teve que levar 20 pontos. Os autores do atentado foram indiciados apenas por lesão corporal.

Veja abaixo a nota publicada pelo Esporte Clube Bahia:

“Ainda incrédula com as cenas chocantes que acabou de ver nas redes sociais, a diretoria do Esporte Clube Bahia vem a público repudiar mais um lamentável ato de violência ligada ao futebol e demonstrar todo apoio e solidariedade às vítimas deste novo episódio.

A barbárie está normalizada.

No último domingo já havia acontecido com um torcedor tricolor na ida à Fonte Nova para o jogo contra o Vasco, em condições semelhantes, com agressões generalizadas a partir de um grupo de pessoas. Como pano de fundo, a impunidade. Mais de seis meses depois, ninguém foi responsabilizado pelo atentado ao nosso ônibus, em fevereiro, para citar apenas o exemplo de um caso absolutamente extremo. O recado que passa é: tudo pode; tá tudo liberado.

O Esquadrão conclama as autoridades públicas. Vídeos que estão circulando permitem identificar e finalmente punir os responsáveis – independente do time que usem como subterfúgio para praticar crimes.

O que será mais necessário acontecer? Até quando?”

 

 

(Varela Net).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar