BahiaCovid-19Featured

Preso, Geddel testa positivo para coronavírus

Geddel foi condenado pelo Supremo,há 14 anos e 10 meses pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa

Preso no Complexo Penitenciário de Salvador, na Mata Escura, o ex-ministro Geddel Vieira Lima foi diagnosticado com o novo coronavírus. A informação foi confirmada por seu irmão, o ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima.

O ex-parlamentar disse não ter mais informações sobre o estado de saúde de Geddel. A reportagem tentou entrar em contato com o advogado Gamil Föppel, responsável pela defesa do ex-ministro, mas não obteve retorno.

Geddel foi transferido, em dezembro do ano passado, do Presídio da Papuda, em Brasília, para a capital baiana. Ele ficou preso preventivamente por mais de dois anos.

Em outubro do ano passado, Geddel foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 14 anos e 10 meses pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa, no caso dos R$ 51 milhões encontrados em malas de dinheiro e caixas em um apartamento em Salvador, em 2017. Ainda cabe recurso no processo.

Condenado no mesmo caso, Lúcio aguarda o julgamento em liberdade. Sua pena foi fixada em 10 anos e seis meses de prisão.

No final de junho, o ministro Edson Fachin, relator do processo no Supremo, negou pedido da defesa de Geddel para progressão de pena para a prisão domiciliar. No pedido, a defesa usava como argumento a pandemia da Covid-19.

Fachin chegou a solicitar informações sobre as condições e medidas adotadas no complexo penitenciário em função do coronavírus. Em sua decisão, escreveu que “a despeito da testagem positiva para o contágio pelo vírus causador da COVID-19 em pessoas de alguma forma vinculadas ao Centro de Observação Penal, estabelecimento no qual o agravante se encontra recluso, as autoridades responsáveis pela gestão do sistema prisional do Estado da Bahia permanecem envidando esforços na adoção de medidas voltadas à evitação da propagação do vírus e do consequente contágio por parte da população carcerária”.

 

 Fonte: A tarde

Foto: Divulgação Internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar